Quem manda na sua Casa?

18:41:00

Recentemente participei do Seminário da Revista Pais e Filhos com o tema "Mãe Também é Gente" .



Imaginem quanto sofrimento e crise consciência não foi para mim, sair de casa cedo em um domingo sem a família.

Sim afinal o Seminário era para as mulheres. Confesso que foram poucas às vezes que deixei meu marido tomar as rédeas sozinho com as crianças.

Enfim fui para o Seminário e fiquei muito surpresa quando encontrei de noite meus filhos, bem vestidos e alimentados rsrs e perguntei se estavam com saudades de mim e se eu tinha feito falta. A resposta foi NÃO , o complemento foi que o papai deixou eles fazerem o que queriam e que foi muito legal.

E depois de tudo que tinha escutado no seminário me coloquei a pensar.

Foram palestras realmente inspiradoras.

A primeira foi com a Cris Guerra, mãe do Francisco, é publicitária, escritora, blogueira e colunista da Pais&Filhos. Começou sua trajetória na internet em 2007, escrevendo o blog Para Francisco (que virou livro em 2008 e está sendo adaptado para o cinema). Pouco depois, criou o primeiro blog de looks diários do Brasil, o Hoje Vou Assim. Em 2013, lançou o livro “Moda Intuitiva”. E que contou a sua história bem peculiar e que apesar de todos os percalços que a vida lhe apresentou, quando seu filho nasceu ela não teve tempo de chorar a morte do marido, mas ser forte pelo seu filho, e que hoje apesar de se medo de perder o filho, ela zela pelo desapego, leva seus projetos adiante, colocando o filho ao lado e não a frente.

Tenho certeza que você assim como eu já abriu mão de projetos de vida e sonhos importantes, pensando na companhia que deixaria o filho. Confesso que abri mão da faculdade no último ano e recentemente do trabalho. Foram escolhas minhas e assumo em busca da perfeição de ser mãe. Não me arrependo, só penso que faria de outra forma hoje.

A segunda foi com A escritora norte-americana Melinda Blau é coautora da série best-seller A Encantadora de Bebês. Ela é jornalista, assina colunas em jornais dos Estados Unidos. Seus livros, escritos em conjunto com Tracy Hogg, já foram traduzidos para vinte línguas.  Ela escreve sobre relacionamentos há mais de 30 anos, tem dezenas de artigos que falam sobre família, casamento, educação, saúde e sexualidade publicados no The New York Times.

Fiquei realmente fã dessa palestrante pelo modo que ela colocou a relação de apego que nós mães brasileiras temos de apego e dependência com os filhos.

O foco tem que ser na família e não nas crianças. O que faz uma família são os indivíduos e seus relacionamentos.

Não podemos e nem devemos fazer tudo pelos filhos, mas sim ensinar a maneira correta, e quando eles fizerem e te ajudarem não ficar julgando a maneira que fazem, mas deixa-los fazer do jeito deles, no tempo deles.

Você escuta seus filhos? Ou só os obriga a te escutar? Saiba que seus filhos vão te amar mais ainda porque você os escuta e está atenta as suas inquietações.

Foi falado também sobre a briga de irmãos, uma coisa que muito me inquieta aqui em casa. Ela explicou que temos que mostrar aos filhos os mecanismos de diálogo e deixar que eles se resolvam. Não entrar na batalha, acredite nos dois e converse sobre o que é melhor a ser feito em cada situação. E não esqueça, dedique tempo individualmente a cada filho.

Palavras dela "proteja sua sanidade, faça algo por você" . Tirar o foco, o peso das crianças, deixa-los livres, com certeza vai melhorar a sua vida.

E o importante é termos a consciência de que as Mães são tão importantes quanto os filhos.

Já a última palestrante que assisti foi a Betty Monteiro, psicóloga, pedagoga, escritora, atriz e modelo, mãe de quatro filhos e avó de quatro netos.

Ela deixou claro que temos que ser uma mãe diferente para cada filho, e não querer tratar os dois da mesma forma.

E também que nós mães temos o sério problema de falar demais, super me identifiquei rsrs , queremos nos justificar sempre.

E faça a sua maternagem não se compare a outras mães, esse é um dos grandes erros do nosso tempo, por isso vem a angustia de sempre querer se superar.



E a Pom Pom foi a patrocinadora do evento, e em um almoço tivemos a oportunidade de conhecer a mamãe Miá Mello que está divulgando a campanha ao lado da marca "Ser Mãe fica Melhor a Cada Dia", que tem como objetivo quebrar paradigmas que ainda existem em tono da maternidade e retratar esta fase da vida de forma mais leve e menos idealizada.

Olha só esse vídeo que engraçado https://www.facebook.com/Pompomfraldas/videos



Fique tranquila mamãe, seu filho veio ao mundo predisposto a te amar!!


Espero ter contribuído com vocês, aprendi muito nesse seminário, e já estou ansiosa pelo próximo!!!

Sampa Abraços

Paula Porfírio










VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM