Vamos comemorar com os Sacis?

18:20:00

Prepare a peneira, a garrafa, o alho, o fubá e vamos procurar os sacis no Parque da Água da Branca!



São muitas as histórias de quem já viu ou foi alvo de alguma estripulia do perneta de gorro. A Rose da barraca do coco, por exemplo, contou que um dia toda a água dos cocos tinha ficado salgada.

Outra vez, os ovos dos ninhos das galinhas e dos gansos foram trocados e nenhuma ave reconhecia seu filhote. São vários os tipos de sacis, tem saci-açu, que é bem grandão, e tem o saci-mirim, que é bem miudinho. Todos nascem dos nós dos bambuzais e quando morrem viram orelha-de-pau.

No domingo, 30 de outubro, às 11h, os educadores do Espaço de Leitura vão contar estas e outras histórias e depois vão com as crianças e seus responsáveis em busca deste ser travesso em uma expedição pelo parque. Às 15h, o grupo Racauí apresenta músicas que falam do saci e seus amigos do folclore brasileiro.

Durante todo o domingo, das 9h às 18h, estará aberta a instalação músico-visual Lendas na Rua, que apresenta personagens do folclore brasileiro com linguagem de HQ. Para saber mais sobre a Mãe d’Água, o Uirapuru, O Curupira e outros, é só acessar os QR Codes nos painéis que levam ao site com as histórias e as trilhas sonoras compostas especialmente para cada uma das lendas.
Para ficar afiado sobre todas as histórias e segredos do saci, os educadores vão fazer uma oficina seguida do Sarau Supersônico O Saci tá aqui, no sábado, dia 29.
A oficina começa às 14h e o Sarau às 15h.

*Em caso de chuva, por ser ao ar livre, o evento é cancelado.

EXPOSIÇÃO

LENDAS NA RUA – uma instalação músico-visual do SOPA
Somente neste domingo (30 de outubro), das 9 às 18 horas

Lendas na Rua é a instalação de arte urbana interativa, desenvolvida pelo estúdio músico-visual SOPA Art Br, que narra através da mistura de linguagens, as lendas de origem dos personagens mais significativos do folclore nacional. Reunindo desde os primeiro registros oficiais até depoimentos contemporâneos, o SOPA apresenta uma releitura dessas figuras conhecidas de grande parte dos brasileiros, desenvolvida sobre diferentes suportes: arte urbana, musica instrumental, história em quadrinhos, educação e interatividade, para apresentar uma nova visão de antigas historias. Dessa maneira ,as características e a historia de cada um desses personagens são transmitidas visualmente através da sequência de imagens nos painéis,  enquanto os QR Codes levam ao site (www.lendasnarua.art.br), onde o espectador têm acesso à trilha sonora original e aos textos bilíngues sobre cada uma das lendas apresentadas.

Programação completa de 29 e 30 de outubro

Sábado, 29

11h
Oficina educativa
maiúsculos & MINÚSCULOS: TODO MUNDO FOI NENÊ
Com Filipe Falcone e Marina Melo
Já viu seu pai cutucando o nariz? A sua mãe querendo jantar sorvete? Nesta atividade, os educadores convidam mães, pais e responsáveis para compartilhar com as crianças as traquinagens de sua infância.

14h
Oficina educativa
O SACI TÁ AQUI!
Os educadores vão ajudar os participantes (crianças e adultos) a relembrar as histórias, poderes e características do saci para serem contadas durante o Sarau Supersônico.

15h
Sarau Supersônico
O SACI TÁ AQUI!
Com palhaço Adão e educadores do Espaço
Uma garrafa com um saci é entregue no Sarau, que conta com o auxílio do saciólogo Filipe Falcone para desvendar os truques usados para se capturar sacis. Além das diversas apresentações do público de dança, música e poesia, entram em cena os quadros de “Leitura da garrafa” e “Arremesso de poesia”. Venha se revelar no Supersônico – O Sarau do Espaço de Leitura. É só chegar e botar a boca no trombone!

ESPECIAL DIA DO SACI

Domingo, 30 

11h
maiúsculos & MINÚSCULOS: EXPEDIÇÃO DE OBSERVAÇÃO DE SACIS
Com Maiana Monteiro e Rafael Ribeiro Lucio
Diz a lenda que em todo rodamoinho tem saci e que, para apanhá-lo, é preciso usar uma peneira. Usando apetrechos divertidos como garrafas, peneiras, dentes de alho e fubá, educadores e participantes fazem uma jornada em busca do saci, passando pelos bambuzais (segundo a lenda, o nascedouro da criatura), Casa do Caboclo e trilha do pau-brasil. A atividade termina com a soltura dos sacis encontrados de volta para o parque.

15h
Apresentação musical
CANTIGAS E CANÇÕES DAQUI E DALI
Com Racauí
No Dia do Saci, o grupo Racauí inclui no repertório uma homenagem especial a esta criaturinha espuleta. O espetáculo apresenta letras, melodias e ritmos simples e lúdicos, envolvendo brincadeiras, danças e trava-línguas. Todo repertório tem referências dos ritmos brasileiros e de autores da literatura universal.



ESPAÇO DE LEITURA

De quarta a domingo, das 9h às 18h

Parque da Água Branca – Rua Ministro Godói, 180, Perdizes
Tel.: 11 2588-5811
contatoespacodeleitura@sp.gov.br | facebook.com/espacode.leitura | instagram.com/espacodeleitura

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM