Mês da Consciência Negra tem programação especial nas instituições da Secretaria da Cultura do Estado de SP

08:55:00

As instituições da Secretaria da Cultura do Estado prepararam programação especial para celebrar o Dia da Consciência Negra, comemorado em 20 de novembro. A Pinacoteca terá entrada gratuita entre os dias 15 e 20 e os museus, Fábricas de Cultura e Oficinas Culturais terão programação sobre o tema durante todo o mês. Já no dia 25, será realizado o Encontro Paulista de Hip Hop, no Memorial da América Latina, com shows, bate-papos e outras atividades que celebram o universo da cultura Hip Hop. A programação completa está disponível no site www.cultura.sp.gov.br.

Confira os destaques da programação:

ENCONTRO PAULISTA DE HIP HOP

No dia 25 de novembro, o Memorial da América Latina recebe a 11ª edição do Encontro Paulista de Hip Hop. Com programação gratuita de shows, bate-papos, atividades infantis e batalha de MCs, o tema do Encontro desde ano é “Gênesis – Antes do Hip Hop e depois do Hip Hop”. O evento vai discutir a transformação cultural trazida pelo Hip Hop, sua influência na moda, na discussão política, e sua importância para o empoderamento da juventude da periferia.

Os destaques do Encontro são os shows de Kamau, Flora Matos e Rincon Sapiência, que acontecem no palco do Memorial, na área externa, a partir das 18h30. O público também pode conferir, ao partir de 12h15, um bate-papo com a participação de Kamau, Nina Fideles (produtora do Crônica Mendes), Márcio Macedo e Difunção, com mediação do MC Who. Eles falarão sobre as transformações trazidas pelo Hip Hop na sociedade e como sua criação e difusão gerou um novo estilo de vida, protagonizado pela juventude. A programação completa será disponibilizada no site da Secretaria da Cultura do Estado (www.cultura.sp.gov.br) e no Facebook do Encontro Paulista de Hip Hop (/encontropaulistadehiphop).

MUSEUS

CAPITAL

O Museu Afro Brasil terá entrada gratuita todos os dias até 20 de novembro. No dia 19, às 16h00, o museu recebe o Coral Jovem do Estado, apresentando o programa “São Paulo Maputo Salvador”, um olhar sobre a conexão musical entre o Brasil e a África por meio da produção de jovens compositores, sob regência de Tiago Pinheiro e Lenna Bahule.

No dia 20, às 10h00, será inaugurada a instalação “Más-caras”, que aborda a cultura consumista representada por meio de máscaras. Em seguida, às 11h00, haverá uma homenagem aos 150 anos do compositor Padre José Maurício, primeiro maestro negro da história do Brasil, com apresentação do Madrigal Pe. José Maurício interpretando a “Missa em Fá para Nossa Senhora” e o “Te Deum para as Matinas da Conceição”. A partir das 15h00, será exibido o documentário "Nega Que é Nega Não Nega Ser Nega Não!", às 16h30 será lançado o videoclipe com o mesmo nome e às 16h40, debate do público com as protagonistas do elenco e o diretor e músico Fabio Nunez.

De 22 a 26 de novembro, as visitas mediadas à exposição de longa duração terão “Intervenções AfroLiterárias” Nelas, os educadores apresentarão o repertório literário de autoras e autores negros. Já no sábado, dia 25, às 11h00, o espaço realiza edição especial da atividade “Aos Pés do Baobá”, com contação de histórias africanas e afro-brasileiras e bate-papo com os integrantes do Núcleo de Educação do Museu Afro Brasil. No mesmo dia, às 14h00, acontece o Encontro com Professores e Educadores com o tema “Negras Palavras: Literatura e Resistência”, destinado à leitura e discussão de textos literários de autoras e autores negros e à reflexão sobre o papel da literatura nos processos de resistência.

Todas as atividades são gratuitas. Para participar aos finais de semana é necessário se inscrever por meio dos formulários no site http://www.museuafrobrasil.org.br ou com 15 minutos de antecedência no museu.

O Museu da Imagem e do Som - MIS-SP - terá apresentações de dança e cinema no dia 20 de novembro. Às 15h00, a abertura do “Soul Black Soul Dance” terá SLAM Poetry com Banks Back Spin; às 15h20, será exibido o documentário “Soul King Nino Brown”, sobre King Nino Brown, fundador da Casa de Hip Hop de Diadema e da Zulu Nation Brasil, seguido de bate-papo com King Nino Brown, Leo Papel e Sharylaine; às 17h00, o Dança no MIS apresenta “Toda raiz tem um pouco de senzala”, apresentação que discute preconceito, violência física e mental; e às 18h00 acontece o Baile Black, com Dj King Nino Brown. Todas as atividades têm ingresso gratuito.

Nos dias 18 e 19 de novembro, às 11h00, Museu da Imigração realiza visita educativa sobre a identidade negra em São Paulo e seus aspectos arquitetônicos, sociais, históricos e culturais. No dia 19, das 12h00 às 17h00, o evento “Viva! Sabores da África” terá gastronomia típica de países africanos e apresentação musical. Nos dias 24 e 25, a programação continua com o encontro “Encrespô! Vamos falar sobre cabelo”, que vai discutir a estética capilar a partir de relatos de vida e da produção de campanhas e editoriais de moda. Os ingressos do museu custam R$10 e R$5 (meia-entrada), com gratuidade aos sábados.

O Museu de Arte Sacra promove no dia 25 de novembro, às 15h00, um piquenique seguido de visita temática que vai abordar a questão: de que maneira o museu atua como um agente no processo de dar visibilidade ou tornar invisíveis identidades? A atividade é gratuita e as vagas são limitadas. As inscrições devem ser feitas pelo site http://www.museuartesacra.org.br

No dia 19 de novembro, entre 13h00 e 14h30, o Museu do Futebol oferece a “Oficina de Máscara Africana”, item que possui significado espiritual e religioso para os povos africanos e é usado em celebrações, nascimentos, rituais de iniciação, colheita e casamentos. Os participantes vão confeccionar suas próprias máscaras utilizando papéis coloridos. No dia 26, das 14h00 às 15h30, o museu promoverá um jogo da memória com personalidades negras que foram importantes no cenário esportivo, cultural e social no Brasil e no exterior. Os ingressos do museu custam R$ 10,00 e R$ 5,00 (meia entrada), com gratuidade aos sábados.

De 15 a 20 de novembro os dois prédios da Pinacoteca (Pinacoteca Luz e Estação Pinacoteca/Memorial da Resistência) terão entrada gratuita. No dia 18, às 14h30, acontece a visita educativa na exposição“Arte no Brasil: uma história na Pinacoteca de São Paulo” e nos dias 15, 19 e 20, às 10h30 e às 15h00, visita educativa na exposição “No subúrbio da modernidade - Di Cavalcanti 120 anos”. Nos dias 15, 19 e 20, das 11h00 às 15h00, o museu promove o “JogaJunto”, disponibilizando jogos relacionados ao acervo para as famílias interagirem.

A Casa das Rosas irá comemorar, no dia 20 de novembro, às 16h30, os 40 anos de publicação da série Cadernos Negros, importante veículo da produção literária afro-brasileira com mesa de debate e performance baseada nos textos do grupo. A entrada é gratuita.

INTERIOR

O Museu do Café, em Santos, oferece programação especial nos dias 21 e 25 de novembro. No dia 21, às 13h00, tem “Roda de Jongo” realizada pelo grupo Zabelê de Cultura Popular, apresentando o formato tradicional dos jongos, com banco de tambores, dança e cantos. Já no dia 25, às 15h00, o Núcleo Educativo ministrará a oficina “Reflexões sobre arte contemporânea afro-brasileira”, que tem como objetivo desenvolver uma reflexão acerca da produção das artes plásticas contemporâneas. São 20 vagas e as inscrições devem ser feitas pelo e-mail educativo@museudocafe.org.br. Menores de 12 anos devem estar acompanhados de um responsável. Os ingressos do museu custam R$ 10,00 e R$ 5,00 (meia entrada), com gratuidade aos sábados. Não é necessário realizar inscrição para as atividades.

No dia 19 de novembro, o Museu Felícia Leirner, em Campos do Jordão, terá atividades em celebração ao Dia da Consciência Negra. A programação começa às 10h00, com a contação de histórias “A Criação do Mundo Yorubá” com Adalgiza Américo e Mauro Morais apresentando o mito Yorubá sobre a criação do mundo. Às 11h00, acontece a “Oficina de Dança dos Orixás”, que apresentará os antigos cultos africanos com uma experiência corporal. Para participar da oficina, é necessário agendamento prévio pelo telefone (12) 3662-6000 ou pelo email contato@museufelicialeirner.org.br. Às 11h00 e às 15h00, o público poderá se divertir com os “Jogos Afro-Brasileiros”, com temas voltados para a diversidade dos países africanos e sua colaboração na constituição da pluralidade cultural brasileira. As entradas no museu custam R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia), com gratuidade aos domingos.

Já o Museu Índia Vanuíre, em Tupã, terá atividades especiais, em parceria com a União do Movimento Negro com Todos (Umont), até 23 de novembro. Nos dias 14, 17 e 24, às 10h00 e às 14h00, será exibido o episódio “Matriz Afro” da série “O Povo Brasileiro”, baseada na obra do antropólogo Darcy Ribeiro. No dia 14, às 10h00, a atração será um desfile de moda afro, com roupas e adornos que ressaltam a memória, cor e formas dos negros. No dia 16, às 15h00, será apresentado o espetáculo de dança “Empoderamento”, que aborda o racismo, o preconceito e o assédio por meio de relatos e expressões corporais de mulheres negras. No dia 17, às 14h00, será oferecido um workshop sobre a valorização da estética afro, com o objetivo de ressaltar a autoestima da mulher negra. Já no dia 21, às 9h00, o público aprenderá os passos iniciais de dança afro raiz e o novo ritmo que nasceu no país de Gana, o Azonto. No mesmo dia, às 15h00, será oferecida oficina de grafite com o grafiteiro André Prado. No dia 22, às 13h00, uma oficina ensinará os participantes a confeccionar adornos e amarrações de turbantes. Por fim, no dia 23, às 9h00 e às 10h00, os visitantes serão convidados para uma contação de lendas africanas encenadas por bonecos. Não é necessário realizar inscrição e a entrada no museu é gratuita.

OFICINAS CULTURAIS

A Oficina Cultural Alfredo Volpi celebrará a cultura afro-brasileira no dia 18 de novembro, a partir das 16h00, com a segunda edição do evento gratuito “Cortejo Preta Leste”, que contará com a participação de diversos grupos culturais ligados a comunidades religiosas da Zona Leste e apresentação do espetáculo de dança “Em lama Sou”, criado na Oficina, que mostra o protagonismo da instituição na região.

A Oficina Cultural Mário de Andrade também terá programação no dia 18. A partir das 16h00, a Casa Mário de Andrade apresenta o show “Linha de Cor”, com repertório de afro-jazz, liderado pelo guitarrista e compositor Daniel Oliva, que faz uma homenagem ao poema “Nova Canção de Dixie”, de Mário de Andrade, cujos versos tematizam o preconceito e a perseguição racial contra os negros nos Estados Unidos nos anos de 1940.

As atividades são gratuitas e não é necessário realizar inscrição.

FÁBRICAS DE CULTURA

A biblioteca da Fábrica de Cultura Sapopemba terá programação em homenagem ao Dia da Consciência Negra durante todo o mês de novembro, com programação voltada para a “Literatura Preta”, que incluirá jogos, contações de histórias, encontros com autores e autoras negras, oficinas de bonecas abayomis e bate-papos. A Fábrica Parque Belém também dedicará o mês a atividades sobre a cultura negra, com o tema “A Música Negra: Outros Sons, Outras Terras”, que contará com jogos, bate-papos com autoras e autores negros, intervenções artísticas, contações de histórias e atividade literária sobre o Brasil e a África. As atividades de novembro da Fábrica Vila Curuçá terão o tema “Descendentes de Reis”, com atividades na internet, contações de histórias, jogos, encontros com autores negros e leituras.

Na Fábrica de Vila Nova Cachoeirinha, durante todo o mês, das 09h00 às 20h00, o público poderá visitar a exposição “Expoentes Negros”, com fotografias de Sheila Falcão, Júnior Alves e Rodrigo Santos, que retratam pessoas negras que se destacaram em diversas áreas de conhecimento.

A unidade Brasilândia realizará, entre os dias 14 e 17 de novembro, a “Semana de Filmes: Histórias do Continente Africano”, com exibição de produções cinematográficas que abordam histórias do continente africano e retratam suas diferentes perspectivas culturais e sociais.

Já a Fábrica de Cultura da Cidade Tiradentes terá, entre os dias 21 e 25 de novembro, encontros de leitores para debater o tema, intervenções artísticas, atividades e jogos sobre a África. A Fábrica Itaim Paulista também terá, entre os dias 21 e 30, encontros sobre dança e música, contações de histórias, oficina de turbantes e leituras.

A Fábrica de Cultura Jaçanã terá, no dia 17 de novembro, das 10h00 às 17h00, apresentação do projeto “Mural Tons da Terra Mãe”, de Alexandre Keto, que por meio do grafite mostra sua vivência em cinco países africanos. No dia 22, às 18h00, acontece palestra sobre o “Protagonismo do Negro na Contemporaneidade”, com Bruna Salles, Junior Rocha e Derek Amorim.

A unidade Capão Redondo terá, no dia 22 de novembro, às 15h00, o encontro “Muzimba na humildade sem maldade”, com o autor e poeta Akins Kintê apresentando seu livro “Muzimba”, declarando seus poemas e comentando sua pesquisa estética e literária. No dia 29, às 10h00 e às 14h30, Vitor Silva e a equipe da biblioteca abordarão o tema “As/Os de Cor-Agem” com livros, fotografias, poesias, mensagens, provérbios, encenações e trechos de documentários e filmes.

Todas as atividades das Fábricas de Cultura são gratuitas. A programação completa pode ser conferida no site http://www.cultura.sp.gov.br/.


10º Encontro Paulista de Hip Hop – “Gênesis – Antes do Hip Hop e depois do Hip Hop”

Dia 25 de novembro (sábado) das 12h00 às 22h00
Memorial da América Latina – Praça Cívica
Avenida  Auro Soares de Moura Andrade, 664 – ao lado da estação de Metrô Barra Funda

Entrada gratuita


MUSEUS

Museu Afro Brasil

Av. Pedro Álvares Cabral, s/nº - Pavilhão Manoel da Nóbrega - Parque do Ibirapuera, portão 10 - São Paulo-SP
(11) 3320-8900
Funcionamento: terça a domingo, (fechado às segundas), das 10h00 às 17h00 (permanência até às 18h00)
Estacionamento pelo portão 3 (Zona Azul)
R$ 6,00 | Grátis aos sábados
Acessibilidade no local
www.museuafrobrasil.org.br


Museu da Imagem e do Som – MIS-SP

Av. Europa, 158 - Jardim Europa - São Paulo-SP
(11) 2117-4777
Funcionamento: terça a sexta, (fechado às segundas) das 12h00 às 21h00 | sábados, domingos e feriados, das 11h00 às 20h00
Estacionamento pago no local
Entrada gratuita às terças-feiras. Aos sábados, acesso grátis às exposições do térreo e do acervo - consulte os valores dos ingressos das exposições e eventos
Acessibilidade no local
www.mis-sp.org.br


Museu da Imigração

Rua Visconde de Parnaíba, 1316 São Paulo-SP
Metrô Bresser-Mooca (900m)
(11) 2692-1866
Funcionamento: terça a sábado, (fechado às segundas) das 9h00 às 17h00 e domingos das 10h00 às 17h00
R$ 10,00 | Grátis aos sábados
Acessibilidade no local
http://museudaimigracao.org.br/


Museu de Arte Sacra de São Paulo
Av. Tiradentes, 676 – Luz, São Paulo – SP
(11) 3326-3336
Funcionamento: terça a domingo, (fechado às segundas) das 9h00 às 17h00
Estacionamento gratuito entrada pela Rua Jorge Miranda, 43
R$ 6,00 | Grátis aos sábados
Acessibilidade no local
www.museuartesacra.org.br


Museu do Futebol
Praça Charles Miller, S/N – Pacaembu,  São Paulo- SP
(11) 3664-3848
Funcionamento: terça a sexta-feira, das 9h00 às 17h00 (Bilheteria até às 16h00)|
Sábados, domingos e feriados das 10h00 às 18h00 (bilheteria até às 17h00)
R$ 10,00 | Grátis aos sábados
Estacionamento na Praça Charles Miller (Zona Azul)
www.museudofutebol.org.br


Casa das Rosas

Av. Paulista, 37, Bela Vista - São Paulo-SP
Estação Brigadeiro do Metrô (850m)
(11) 3285-6986 | (11) 3288-9447
Funcionamento: terça a sábado, (fechado às segundas) das 10h00 às 22h00 | domingos e feriados, das 10h00 às 18h00
Estacionamento pago no local
Entrada gratuita
Acessibilidade no local
www.casadasrosas.org.br


Pinacoteca do Estado de São Paulo

Praça da Luz, 02 – Luz, São Paulo – SP
(11) 3324-1000
Funcionamento: quarta a segunda (fechado às terças) das 10h00 às 17h30 (com permanência até às 18h00)
Estacionamento gratuito no local
R$ 6,00 | Grátis aos sábados
Acessibilidade no local
www.pinacoteca.org.br


Museu do Café - Santos
Rua XV de novembro, 95 - Centro - Santos-SP
(13) 3213-1750
Funcionamento: terça a sábado, (fechado às segundas) das 9h00 às 17h00 | domingo das 10h00 às 17h00
R$ 10,00 | Grátis aos sábados
Acessibilidade no local
www.museudocafe.com.br


Museu Felícia Leirner - Campos do Jordão
Av. Dr. Luis Arrobas Martins, 1.880 - Campos do Jordão/SP
(12) 3662-6000
Funcionamento: terça a domingo, (fechado às segundas) das 9h00 às 18h00
Estacionamento gratuito no local
Cidadãos jordanenses não pagam mediante apresentação de comprovante de residência
Entrada: inteira R$10,00 e meia R$5,00 (estudante e idoso) – gratuita aos domingos
Acessibilidade no local
www.museufelicialeirner.org.br


Museu H. P. Índia Vanuíre - Tupã
Rua Coroados, 521, Centro - Tupã/SP
(14) 3491-2333
Funcionamento: de terça a domingo, (fechado às segundas) das 9h00 às 17h00
Entrada gratuita
Acessibilidade no local
www.museuindiavanuire.org.br


OFICINAS CULTURAIS


Oficina Cultural Alfredo Volpi

Rua Américo Salvador Novelli, 416 – Itaquera – São Paulo/SP
Horário de funcionamento: de terça a sexta, das 10h00 às 22h00. Sábados, das 10h00 às 18h00.
Mais informações: (11) 2205-5180 | 2056-5028 | alfredovolpi@oficinasculturais.org.br
Acessibilidade no local.
http://oficinasculturais.org.br/


Casa Mário de Andrade
Rua Lopes Chaves, 546 - Barra Funda - São Paulo – SP
Telefone: (11) 3666-5803 | 3826-4085
Horário de funcionamento: De terça-feira a sábado, das 10h00 às 18h00.
http://oficinasculturais.org.br/


FÁBRICAS DE CULTURA

Acessibilidade no local
Entrada gratuita
www.fabricasdecultura.sp.gov.br


Fábrica de Cultura Brasilândia
Avenida General Penha Brasil, 2508
(11) 3859-2300
Funcionamento: terça a sexta, das 9h00 às 20h00; sábados e domingos: variável de acordo com a programação


Fábrica de Cultura Capão Redondo
Rua Bacia de São Francisco, S/N (Entrada 1) / Rua Algard, 82 (Entrada 2)
(11) 5822-5240
Funcionamento: terça a sexta, das 9h00 às 20h00; sábados e domingos: variável de acordo com a programação


Fábrica de Cultura Jaçanã
Rua Raimundo Eduardo da Silva, 138
(11) 2249-8010
Funcionamento: terça a sexta, das 9h00 às 17h00; sábados e domingos: variável de acordo com a programação


Fábrica de Cultura Vila Nova Cachoeirinha
Rua Franklin do Amaral, 1575
(11) 2233-9270
Funcionamento: terça a sexta, das 9h00 às 20h00; sábados e domingos: variável de acordo com a programação


Fábrica de Cultura de Vila Curuçá
(11) 2016-3316
Rua Pedra Dourada, 65 - Jardim Robru, São Paulo – SP
Funcionamento: terça a domingo, das 9h00 às 17h00 (Noturno: conforme grade de atividades de cada unidade)


Fábrica de Cultura de Itaim Paulista
(11) 2025-1991
Rua Estudantes da China, 500 - Itaim Paulista, São Paulo – SP
Funcionamento: terça a domingo, das 9h00 às 17h00 (Noturno: conforme grade de atividades de cada unidade)


Fábrica de Cultura Cidade Tiradentes
(11) 2556-3624
Rua Henriqueta Noguez Brieba, 281 - Conj. Hab. Fazenda do Carmo, São Paulo – SP
Funcionamento: terça a domingo, das 9h00 às 17h00 (Noturno: conforme grade de atividades de cada unidade)


Fábrica de Cultura Parque Belém
(11) 2618-3447
Complexo do Parque Belém - Av. Celso Garcia, 2231 (Portaria 1) / Rua Nelson Cruz nº 140 (Portaria 2) - Belenzinho, São Paulo – SP
Funcionamento: terça a domingo, das 9h00 às 17h00; sábados, domingos e feriados, das 9h00 às 17h00.


Fábrica de Cultura de Sapopemba
(11) 2012-5803
Rua Augustin Luberti, 300 - Fazenda da Juta, São Paulo – SP
Funcionamento: terça a domingo, das 9h00 às 17h00 (Noturno: conforme grade de atividades de cada unidade)


Confira o que abre e fecha no feriado do Dia da Proclamação da República nas instituições da Secretaria da Cultura do Estado

Espaços como Museu Catavento, Museu do Futebol, Museu da Imagem e do Som (MIS-SP), Pinacoteca de São Paulo e as Bibliotecas de São Paulo e Parque Villa-Lobos estarão abertos ao público no dia 15 de novembro, quarta-feira



MUSEUS DA CAPITAL

Pinacoteca

15 de novembro - funcionamento normal, com entrada gratuita

Destaques: visita educativa na exposição “No subúrbio da modernidade - Di Cavalcanti 120 anos” (10h30 e 15h00) e atividade “JogaJunto” (11h00 às 15h00)

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM