Ducktales no Disney Channel,

Baseada na premiada série e adorada por uma geração de espectadores, Ducktales, do Disney Channel, narra as andanças do pato mais famoso e multimilionario, o Tio Patinhas, junto com os trigêmeos Huguinho, Zezinho e Luizinho, o temperamental Pato Donald e a equipe da mansão: o valente chofer e piloto Capitão Bóing; a governanta Madame Patilda, e sua neta aventureira Patrícia Vanderpato, a mais nova amiga dos trigêmeos.

Armado com sua moeda da sorte, Tio Patinhas junto com Huguinho, Zezinho e Luizinho estão em busca do tesouro escondido de sua família. No caminho, eles enfrentam muitas aventuras, seja um robô fora de controle ou viajar para o deserto e resgatar Pato Donald das garras de uma múmia malvada.



Personagens

Mais durão que os durões, mais esperto que os espertalhões, Tio Patinhas ganhou seu dinheiro de forma legítima, essencialmente por não ter medo de nada. Nesse sentido, Tio
Patinhas não suporta pessimistas; a forma mais rápida de aborrecê-lo é dizer a ele que algo não pode, ou não deve ser feito. Parte Tony Stark, parte Indiana Jones, a fortuna do Tio Patinhas junto com sua confiança avassaladora gerou uma natureza imprevisível e uma crença de que tudo pode acontecer se você estiver disposto a trabalhar por isso. Seu amor pelo dinheiro não se deve a ganância; mas sim por que ele sabe como ganhou cada dólar, e cada moeda é uma lembrança de uma aventura vivida. Seu segredo mais íntimo, entretanto, é que seu legado pode não valer muita coisa sem alguém para
compartilhá-lo. Curiosidade: Tio Patinhas nasceu em 1867, mas uma série de incidentes relacionados às suas muitas aventuras (A Fonte da Juventude, ser congelado em um bloco de gelo, etc.) lhe dá a aparência de um homem vivaz de 65 anos de idade.

Sempre no limite e a ponto de perder a paciência, Pato Donald é o Louis C. K. de Patópolis: um “Pai Super Protetor” solteiro, bem intencionado e de pavio curto que cria os filhos de sua irmã como se fossem seus. Determinado a viver a vida à sua maneira, ele estaciona seu barco na piscina nos fundos
de casa ao invés de se mudar para a mansão do Tio Patinhas. Enquanto Tio Patinhas prospera com o risco, Pato Donald o evita a todo custo, e essa aversão ao risco o impede de alcançar novos patamares e manter uma namorada/trabalho fixo. A ironia é que o Pato Donald na verdade poderia ser um grande aventureiro se conseguisse descontrair um pouco: é obstinado, determinado e insanamente devotado à sua família. Ao mesmo tempo em que o pavio curto do Pato Donald pode muitas vezes ser um risco, algumas vezes acaba sendo sua maior qualidade à medida que seus “gritos enfurecidos” o forçam a esquecer suas inibições.

O mais velho dos sobrinhos por três segundos, Huguinho é com frequência convocado para ser "o responsável”, o sagaz protetor da família. Huguinho adora ser trigêmeo, e constantemente os lidera em exercícios de formação de equipe. Ele seria de certa forma um nerd se não fosse tão
confiante e sincero. Escoteiro Mirim perfeito, ele é prático, preparado e trata o Guia dos Escoteiros Mirins como a sua bíblia. Infelizmente, o Guia não tem todas as respostas, e Huguinho se vê
frequentemente em busca de soluções lógicas para desventuras completamente ilógicas que o Tio Patinhas insiste em levá-los. Apesar de ele ter uma reserva quase infinita de táticas e técnicas de sobrevivência, ainda assim gosta de agir como se soubesse mais do que de fato sabe (mas jamais
contaria isso para alguém).

O segundo irmão foi chocado e para lidar com a síndrome clássica da criança do meio, Zezinho está sempre buscando maneiras de se destacar de qualquer forma possível. No fundo, sua preocupação é ser apenas um patinho comum, então ele se esforça ao máximo para mostrar ao mundo (e sua família) o quanto ele pode ser verdadeiramente extraordinário. Zezinho é rápido para se meter sem pensar
em situações perigosas só para demonstrar o seu valor, o que o torna o “Encrenqueiro” dos irmãos. Constantemente em atrito com as restrições do Pato Donald, seu “Pai Super Protetor”, Zezinho é irremediavelmente independente e quer muito deixar Patópolis e ficar famoso. Ele também é o
mais curioso em relação à história de sua família, particularmente os atos heroicos do passado de sua mãe. Curiosidade: seu lema pessoal é “Prefiro me encrencar por ser eu mesmo do que ser elogiado por ser outra pessoa”.

O perspicaz e persuasivo irmão mais novo, Luizinho tem o dom de usar seu charme em situações de perigo, apesar de nem sempre conseguir sair delas. Suas apuradas habilidades de improvisação são um recurso bem vindo em qualquer aventura, apesar de às vezes deixar a família em apuros ainda maiores. Constantemente averiguando todas as possibilidades, Luizinho herdou o jeito do Tio Patinhas para esquemas mirabolantes para ganhar dinheiro, mas não herdou nada de sua ética de
trabalho - ele prefere investir duas semanas em algum esquema duvidoso do que dois minutos em um trabalho honesto. Entusiasmado em viver no meio do luxo, Luizinho vê somente oportunidades para construir o seu próprio império financeiro. Curiosidade: o seu bem mais valioso é a sua primeira
moeda de 25 centavos (assim como a moeda número 1 do Tio Patinhas, mas ajustada pela inflação).

Pense em uma Kimmy Schmidt, aspirante a aventureira. Neta da governanta/guarda-costas do Tio Patinhas e “quarta sobrinha” não oficial, a impassível, sempre ansiosa Patrícia passou grande parte de sua vida enfiada na mansão do Tio Patinhas sob o olhar de ‘águia’ de sua avó super protetora.
Por sorte, a casa do Tio Patinhas é como um museu de feitos heroicos, e Patrícia estudou cada uma das aventuras de seu benfeitor. Isso, aliado as aulas de “defesa pessoal” de sua avó e ao fato de
ela ter que lidar quase que diariamente com as invasões dos Irmãos Metralhas a tornam a perfeita jovem aventureira—caso um dia ela consiga ultrapassar o portão da frente. E, mesmo que ela conseguisse sair, seus rigorosos estudos não a prepararam para a vida normal do lado de fora. Mais
do que tudo, o que Patrícia sempre quis foi uma família além de sua avó.

Generoso, destemido e distraído motorista/piloto do Tio Patinhas. Um grande, adorável filhote de pato, ele é confiante ao extremo e está sempre pronto para tudo - o que é bastante conveniente para o Tio Patinhas, já que ele é o único piloto doido o bastante para realizar metade das coisas que o Tio
Patinhas quer que ele faça. Um sobrevivente perfeito, Capitão Boing consegue resistir de forma quase sobrenatural a tudo, surgindo sempre misteriosamente ileso independentemente do que aconteça. Apesar de não ser o mais inteligente, ele é o mais leal e mais sincero, o que faz dele peça central da equipe do Tio Patinhas. Curiosidade: A quase invulnerabilidade do Capitão Boing dá a ele a disposição de tentar qualquer coisa pelo menos uma vez!

Nos anos 60, Madame Patilda era uma das melhores agentes da Inteligência Britânica, mas sua conduta pragmática e dedicação à Rainha e ao País Acima de Tudo renderam a ela muitos inimigos. Assim que ela ganhou a custódia de sua jovem neta Patrícia, Madame Patilda percebeu que deveria
deixar o seu emprego para trás e sair de circulação para manter Patrícia segura. Sem ter a quem  recorrer, Madame Patilda recebeu uma oferta de seu antigo compatriota Tio Patinhas para ser sua governanta/guarda-costas pessoal. Quando você tem a quantidade de inimigos que o Tio Patinhas tem, é bom acreditar que a sua governanta vai ter de saber um pouco de jiu-jitsu. Formal, pragmática e dura na queda, Madame Patilda é a eterna desgraça dos Irmãos Metralha. Madame Patilda é uma mulher de poucas palavras, mas ela faz com que cada palavra conte, e os meninos morrem de medo dela. É uma lutadora incontrolável, com uma mente tática aguçada, que acredita que as ações
falam mais alto do que as palavras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Adbox

Sampa Com Crianças no Instagram