Desenvolvimento - Criança de 6 anos

Uma criança de 6 anos reúne uma série de capacidades e habilidades! Essas capacidades e habilidades precisam ser estimuladas pelos pais!

A Paloma do www.bebesecriancas.com.br/ tem ótimas dicas confiram a seguir.


Uma das fases mais encantadoras do desenvolvimento de um pequeno ou pequena é quando ele ou ela chegam a ser uma criança de 6 anos. Nesse momento os nossos filhos estão muito curiosos, divertidos, interessados e instigantes, então estar com eles é muito delicioso.

A grande questão é que muita gente não sabe o que precisa explorar nesse momento da vida das crianças, e com isso perde oportunidades importantes para colaborar no seu máximo desenvolvimento.

Sendo assim, a seguir nós vamos falar sobre a criança de 6 anos e o que você pode fazer por ela! Fique atento, porque temos muito a te dizer sobre esse período da vida do seu filho ou da sua flha! Confira!

O que uma criança de 6 anos é capaz de fazer?
Quando temos uma criança de 6 anos sabemos que ela consegue apresentar uma linguagem bem desenvolvida de maneira geral. Além disso, nesse momento da vida o pequeno ou pequena está aprendendo a lidar com muitas novidades, como escola e atividades extracurriculares, que lhe pedem capacidade de relacionamento e de adaptação.

Aos poucos o seu filho ou filha vai descobrindo o mundo nessa fase, e com a ajuda das tecnologias disponíveis tudo isso se torna ainda mais intenso. Além disso, nesse período o pequeno ou pequena tem a necessidade ainda maior de ter uma rotina, para que se desenvolva por completo!

Mas não é só isso! Uma criança de 6 anos tem muitas outras habilidades e está passando por vários processos únicos, que jamais se repetirão. A seguir vamos comentar alguns deles!

Suas emoções e suas relações
A essa altura seu pequeno consegue colocar os talheres na mesa, é capaz de dar a comida para o animal de estimação da família e pode ajudar nos cuidados com o caçula, por exemplo;
Por causa da escola o seu filho passa a ter mais amizades e novos interesses, e isso faz com que ele passe mais tempo com outras crianças e fazendo as próprias coisas;
Brincar em grupo é importante. É assim que ele vai se descobrir e descobrir como lidar com o próximo;
Nessa fase seu filhote ou filhota adora se ver reconhecido pelos adultos, e o sentimento de apreciação é fundamental na sua formação;
As suas opiniões e suas vontades são mostradas com muita ênfase e firmeza nesse momento;
As birras se tornam recorrentes, especialmente quando o seu pequeno ou pequena sente que sua liberdade e independência estão sendo ameaças;
A partir dessa fase seu filho ou filha curte a ideia de tomar decisões, e de ser incluído ou incluída nas decisões que dizem respeiro a família;

Sua linguagem e sua aprendizagem
A criança de 6 anos consegue falar de formas variadas de acordo com as situações;
É capaz inclusive de contar histórias que já ouviu e explicar de forma sequencial e bem coesa;
Apresenta uma capacidade enorme de sinonímia e antonímia;
É possível para ele ou ela categorizar coisas, pessoas, situações;
Pronuncia as palavras com muito mais fluência;
Apresenta uma ótima melhora auditiva;
As estruturas de suas frases são bem complexas e amplas;
Consegue debater em grupo e é capaz de interagir de forma adequada;
Consegue inclusive fazer comentários variados sobre momentos distintos;
A essa altura seu filho ou filha já sabe ler e escrever, e reconhece o próprio nome, sabe a sua idade, entende qual é seu endereço e inclusive sabe quando faz aniversário;

Suas competências motoras
Entre as habilidades motoras da criança de 6 anos está o fato de que ela sabe chutar a bola quando ela está em movimento.
Além disso, ela sabe atirar bolas com as mãos, mesmo se forem pequenas, e também consegue agarrar essas bolas de volta;
Outro ponto interessante é que ela consegue se equilibrar em um pé só;
Consegue saltar com facilidade, inclusive usando um único pé;
Ela consegue galopar com coordenação;
Mais um ponto a se destacar é que nessa fase ela já sabe cortar com a tesoura;
Aliás, sabe também manipular o papel, o lápis e a caneta, além da borracha;
Lida bem com jogos voltados para a cooperação e trabalho em equipe;
Consegue levar e trazer um copo sem derrubar o conteúdo.;
Consegue amarrar e dar nós;
Como você pode ver não são poucas as habilidades que crianças nessa fase reúnem, e é muito importante que os pais e responsáveis compreendam bem isso, para que estimulem seus filhos ao máximo, permitindo que eles alcancem novos patamares no seu desenvolvimento e se tornem indivíduos mais completos e felizes!

Criança de 6 anos pode muito mais do que muita gente imagina, e você deve acreditar que seu filho ou filha é perfeitamente capaz de fazer tudo, mesmo que inicialmente você tema ou se preocupe, porque você pode se surpreender positivamente e isso será bom para o crescimento dele ou dela!

O comportamento da criança de 6 anos é cheio de complexidades e nuances, e não é fácil para os pais compreender tudo isso. A seguir nós vamos falar um pouco mais sobre!

Comportamento
O comportamento da criança de 6 anos pode surpreender, emocionar, incomodar ou preocupar os pais. Essa é uma fase bastante instigante na vida do seu filho e é preciso se preparar para ela.

Ainda assim, vemos sempre os responsáveis confusos, não sabendo muito bem como lidar com aquele ser que até pouquíssimo tempo atrás ainda estava na barriga da mamãe.

Assim sendo, a seguir nós vamos falar sobre o comportamento da criança de 6 anos, para que você possa sacar melhor tudo que acontece nesse período da vida do seu filho ou filha! Confira!

Entenda como é o comportamento 
Seu filho está chegando ao sexto aniversário e você talvez não saiba o que esperar, mas existem muitas novidades vindo a seguir! O comportamento da criança de 6 anos é muito específico e pais e mães precisam abraçar esse novo ser que está alcançando o seu pleno desenvolvimento em meio a infância. Entre o que se espera podemos elencar…
Um desenvolvimento mais próximo das relações com os adultos ao redor, como os tios e as tias;
Ele gosta de desenhar coisas ao seu redor e coisas que vem da sua imaginação;
Ele sabe se comportar melhor socialmente, sabe o que é certo ou errado, mas está mais resistente a obedecer certos conceitos e pode resistir fazendo birra;
Além disso, ele já sabe ler e escrever, ou está em processo de aprender;
O que esperar do seu filho de 6 anos
O comportamento da criança de 6 anos é bastante instigante para os seus responsáveis. Nessa fase costumam surgir perguntas mais complicadas de serem respondidas, como o questionamento sobre de onde vem os bebês, entre outros relacionados a sua genitália, e ao funcionamento do seu corpo.

É necessário que o adulto se mostre tranquilo para responder. Nada de constrangimento, de medo ou vergonha. É só seu filho querendo descobrir o mundo e você pode ajudar sendo claro e conciso!

Saiba como ajudar
Nesse momento o pai e a mãe podem se questionar sobre como ajudar seus filhos nesse período pleno de desenvolvimento, e certamente existem formas bastante eficazes de fazê-lo.

Uma delas (e mais importantes) é que você permita que seu filho seja, que seu filho tenha autonomia nas suas atividades, mas sem abandonar, dando a ele suporte e reconhecimento sobre suas novas habilidades. Assim ele vai se sentir mais confiante para explorar, mas saberá que está seguro porque pode contar contigo!

As preocupações e os desafios
Seu filho está entrando na escola, e isso pede adaptação ao meio social;
Além de ter que lidar com um novo ambiente e novas pessoas seu filho também precisa adquirir responsabilidades e obrigações, e passa a agregar novos deveres a rotina;
Vai chegar a hora de fazer passeio escolar, e você como pai ou mãe deve dar confiança para seu filho aproveitar esses momentos e ver que é capaz de fazer coisas sozinho;
É normal que nessa fase o filho ou a filha seja um anjo na rua e em casa se transforme em um diabinho. Ele está testando limites e descobrindo as punições do meio social. Seja paciente;

As posturas que você e a sua família podem tomar
Nessa etapa o comportamento da criança de 6 anos evita normalmente o conto de fadas e passa a se fincar mais nas ideias do que é real e do que não é. O Coelho da Páscoa, o Bicho-Papão, a Cegonha e o Papai Noel talvez deixem de existir do dia para a noite para ele, e isso dará uma sensação de perda para você.

É claro que queremos fazer parte da vida dos nossos filhos e quando eles começam a passar mais tempo na escola, com os amigos, nos cursos e querem mais liberdade e solidão nos sentimos um pouco “órfãos” dos nossos pequenos.

Esse sentimento é natural, mas é um ótimo momento para que a família se reinvente e se descubra, e para que você enquanto indivíduo cuide um pouco de si, depois de tantos anos focando nas necessidades e nas buscar de um outro ser. É uma fase complexa, difícil e que envolve sentimentos contraditórios, mas encare isso como etapa e outras virão, vocês ainda tem um longo caminho pela frente!

Claro que seu filho ainda depende de você, então se mantenha atento, converse e não deixe ele só, achando que ele vai saber se cuidar completamente, porque é claro que não vai.

Ainda assim, você pode se dar ao luxo de observar ele se tornando um indivíduo único, que têm desejos específicos, vontades claras e opiniões muitas vezes contrárias a sua. Aproveite, porque é um processo de encontro divertido!

Assim sendo, fica claro que o comportamento da criança de 6 anos pode desafiar os pais de muitas formas, mas com paciência, boa vontade e amor toda família fica junto e cresce!

Para sabeer mais acesse https://www.bebesecriancas.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Adbox

Sampa Com Crianças no Instagram