Férias no Instituto Butantan

Além de atividades que nos levam a refletir sobre os benefícios da vacinação e da ciência na sociedade e no mundo, o Instituto Butantan também oferece atividades que propiciem o contato com a natureza e a cultura brasileira. Toda a programação é gratuita e dirigida a crianças, jovens e adultos.
Instituto Butantan

As vacinas foram criadas a partir da observação do funcionamento do nosso corpo, mais especificamente, nosso sistema imune. Entender de forma divertida e cativante, como reagimos às doenças e o papel das vacinas nesse processo é o tema central do programa Férias no Butantan, edição de julho de 2018.

Além de cobras, no Butantan é possível ver aranhas, escorpiões, lagartos, tartarugas, peixes e macacos. O Instituto inaugurou ainda, em 2014, o seu Observatório de Aves, que promove periodicamente caminhadas para observação de algumas das 120 espécies de aves já avistadas no parque.

Programação 

Dia 8 de julho - Domingo
Atividades livres das 10h às 16h
Do veneno ao soro das 10h às 12h
Buzum sessões: 10h, 11h, 12h, 14h, 15h e 16h
Pé de Baraúna – SapéCapoeira das 10h30 às 11h30
Exibição - Caminhos da vacina das 14h às 14h30
Pé de Baraúna - Caçada ao Saci das 14h30 às 15h30
Café científico das 15h às 16h30

Dia 10 de julho - Terça
Atividades livres das 10h às 16h
Pic-Imune das 10h às 12h
Pé de Baraúna - Brincadeiras tradicionais brasileiras das 10h30 às 11h30
Pé de Baraúna – SapéCapoeira das 14h30 às 15h30

Dia 11 de julho - Quarta
Atividades livres das 10h às 16h
Do veneno ao soro das 10h às 12h
Pé de Baraúna - Danças brasileiras das 10h30 às 11h30

Dia 12 de julho - Quinta
Atividades livres das 10h às 16h
Mão na cobra das 10h às 11h
Vem Borboletar das 11h às 13h
Baile sem risco sessões: 14h30, 15h, 15h30
Pé de Baraúna - Dança afro-brasileira das 15h às 16h
Pé de Baraúna – SapéCapoeira das 16h30 às 17h30
O que comem as corujas? das 16h30 às 17h30
Vem Corujar das 17h30 às 18h30

Dia 13 de julho - Sexta
Vem Passarinhar das 10h às 11h30
Baile sem risco Sessões: 10h, 10h30, 11h, 11h30
Pé de Baraúna – Circo das 10h30 às 11h30
Pic-Imune  das 14h às 16h
Exibição - Caminhos da vacina das 14h às 14h30
Café científico das 15h às 16h30

Dia 14 de julho - Sábado
Baile sem risco Sessões: 14h30, 15h, 15h30
Pic-Imune das 14h às 16h
Pé de Baraúna - Caçada ao Saci das 14h30 às 15h30

Programação detalhada

Atividades livres dias 8, 10, 11 e 12 de julho das 10h às 16h*
no espaço do Centro de Difusão Científica - CDC
Público-alvo: geral
Número de vagas: livre
 *As atividades serão oferecidas em horários e dias distintos


Desvendando doenças
Você sabe como a gripe é transmitida? Como se prevenir da febre amarela? Quais os hospedeiros da peste bubônica? Venha desvendar
essas doenças e suas características em nosso quadro interativo.

Vestindo-se para trabalhar no Butantan
A produção de vacinas no Instituto Butantan é realizada em uma fábrica que funciona 24 por dia. Os profissionais que trabalham na fábrica
devem estar vestidos adequadamente, ou seja, de maneira a se preservar e a manter a qualidade do produto. Nesta atividade, será possível conhecer e experimentar as mesmas roupas usadas por essas pessoas.

Como funciona a vacina? - livreto infantil para pais e filhos
Gostaria que seus filhos entendessem como as vacinas funcionam no nosso corpo? Neste livreto voltado para crianças, contamos sobre o funcionamento do sistema imune e das vacinas, por meio de atividades pensadas para os pequenos.

Conhecendo os mosquitos
Quer conhecer a vida dos mosquitos, inclusive aqueles que nos transmitem doenças? Uma pesquisadora do Butantan esclarece as dúvidas sobre estes insetos, por meio de réplicas e exemplares de mosquitos em diferentes fases de desenvolvimento.

Atividades programadas
Buzum - Mamulengo
Esse espetáculo explora o universo da cultura popular brasileira, mais precisamente a cultura popular de Pernambuco! Feito totalmente com mamulengos, o boneco popular brasileiro, criados e confeccionados por mamulengueiros de Glória do Goitá - PE, importante polo de mamulengueiros no país. Joana, uma esperta garota que adora o carnaval, parte rumo a uma aventura para salvar seu amigo João, que caiu num poço. Com a ajuda de um falante papagaio, Joana passa por blocos de Caboclinho, Maracatu, Cavalo Marinho e frevo. O espetáculo é uma divertida e emocionante descoberta da cultura popular brasileira!
Dia 8 de julho às 10h, 11h, 12h, 14h, 15h e 16h no estacionamento ao lado da lanchonete
Senhas no local, 30 minutos antes de cada sessão
Público-alvo: crianças de 3 a 12 anos
Vagas: 40
Duração: 20 minutos


Do veneno ao soro: extração do veneno de serpentes
Nesta atividade você vai entender a diferença entre soros e vacinas, desde a produção até a aplicação, além de assistir à extração de veneno de uma serpente. Você ainda pode tirar todas as suas dúvidas e tocar em uma serpente não peçonhenta.
Dias 8 e 11 de julho
das 10h30 às 12h30
no auditório do CDC
Inscrições no local, 30 minutos antes da atividade
Público-alvo: geral
Vagas: 75


Pé de Baraúna - SapéCapoeira
Aqui, a capoeira é trabalhada em três diferentes perspectivas: lúdica, desportiva e socializadora. No eixo lúdico, procura-se explorar movimentos básicos e naturais do indivíduo dentro da linguagem que a capoeira propõe, como a ginga, e outros exercícios de resistência, força e técnica. Já no eixo desportivo, a capoeira traz elementos do jogo, da luta, da recreação e do desenvolvimento corporal. Por fim, o eixo da socialização se dá no momento da construção da relação com grupo e consigo mesmo. Capoeira é uma prática democrática, todos podem participar!
8 de julho, das 10h30 às 11h30
10 de julho, das 14h30 às 15h30
12 de julho, das 16h30 às 17h30
Público-alvo: geral
Vagas: livre
*Em caso de chuva, a atividade poderá ser cancelada.


Exibição do documentário Caminhos da vacina – Médicos Sem Fronteiras
Parte de um projeto maior que incluía uma exposição e um documentário, o filme Caminhos da Vacina pretende chamar a atenção para a situação alarmante de cerca de 22 milhões de crianças menores de um ano que não recebem todas as vacinas necessárias, indo a óbito
por sarampo, meningite, cólera e febre amarela.
Dias 8 e 13 de julho, das 14h às 14h30
no auditório do Museu de Microbiologia
Público-alvo: jovens, adultos e interessados em geral
Vagas: 35 lugares


Pé de Baraúna - Caçada ao Saci
Caçar Saci é uma prática muito comum no interior. Antes da caçada, promove-se uma roda de conversa sobre o Saci Pererê, em seguida contamos como ele, o Saci, se tornou um mito tão importante para a cultura popular brasileira. Esta oficina direciona o olhar da criança
para a natureza. Pois um bom caçador de Sacis precisa estar atento aos movimentos das folhas e das árvores, sentir a presença do vento e da brisa. Perceber os cheiros e rastros que são característicos dessa caçada. Além desse contato com a natureza, a imaginação é estimulada,
ganha corpo e promove a caçada.
Dias 8 e 14 de julho
das 14h30 às 15h30
no heliponto
Público-alvo: geral
Vagas: livre
*Em caso de chuva, a atividade poderá ser cancelada.


Café Científico - 100 anos da Gripe Espanhola - imagine o mundo sem vacinas
Venha participar de um bate-papo descontraído com pesquisadores e especialistas que discutirão temas da ciência na atualidade. Nesta edição, os 100 anos da Gripe Espanhola será a base para conversar sobre a produção de vacinas, sua importância para a saúde pública e os movimentos contrários à vacinação, que têm se destacado em países europeus e começam a surgir no Brasil.
Dias 8 e 13 de julho
das 15h às 16h30
no auditório do Museu de Microbiologia
Pré-inscrições pelo site, confirmação da inscrição 30 minutos antes da atividade
Público-alvo: estudantes e demais interessados
Vagas: 35


Pic-Imune
Atividade ao ar livre, baseada na brincadeira Pic-Bandeira, que tem como objetivo colocar as crianças em contato com o funcionamento
do sistema imune de forma divertida.
Dias 10 de julho, das 10h às 12h
Dias 13 e 14 de junho, das 14h às 16h
no gramado do heliponto
Público-alvo: crianças de 8-12 anos
Vagas: aproximadamente 20 crianças por partida
Duração: até 10 minutos
*Em caso de chuva, a atividade poderá ser cancelada.
*Os participante devem trajar roupas e sapatos confortáveis.


Pé de Baraúna - Brincadeiras tradicionais brasileiras
Venha relembrar e trazer seus filhos para conhecer nossas brincadeiras tradicionais de infância.
10 de julho
das 10h30 às 11h30
no heliponto
Público-alvo: geral
Vagas: livre
*Em caso de chuva, a atividade poderá ser cancelada.


Pé de Baraúna - Danças brasileiras
As danças brasileiras vão para além da prática corporal, elas são um recorte cultural do país, de norte a sul, de leste a oeste. Praticar as danças brasileiras, além da parte técnica, que atua em pontos como a lateralidade, organização corporal, motricidade, é uma prática que visa o coletivo, geralmente as danças brasileiras são realizadas em grupo ou em dupla.
Dias 11 de julho
das 10h30 às 11h30
no heliponto
Público-alvo: geral
Vagas: livre
*Em caso de chuva, a atividade poderá ser cancelada.


Mão na Cobra
Ver uma serpente de perto é uma coisa rara. Não aqui no Butantan! Nesta atividade os educadores do Museu Biológico e os profissionais do Laboratório de Ecologia e Evolução do Butantan trazem serpentes não peçonhentas de diversas espécies para os visitantes observarem e tocarem, além de tirar suas dúvidas sobre esses animais.
Dia 12 de julho
das 10h às 11h
no serpentário
Público-alvo: geral
Vagas: livre
*Em caso de lotação, a fila será encerrada às 10h30.
*Em caso de chuva, a atividade poderá ser cancelada.
Obs.: Ao longo do ano, essa atividade é oferecida todas as quintas-feiras, das 14h30 às 15h30, em frente à bilheteria. Excepcionalmente, no dia 12 de julho, ela será oferecida somente pela manhã como parte da programação de Férias no Butantan.


Vem Borboletar
O parque do Instituto Butantan é uma ilha de floresta na cidade que serve de refúgio para diversos animais. Dentre estes se destacam as borboletas, que já tiveram 270 espécies registradas no Parque. O #vemborboletar é uma caminhada para observação de borboletas em áreas verdes do Instituto, na qual os participantes poderão conhecer sobre as características desses insetos. O passeio será guiado
por especialistas, que com a ajuda de um pequeno guia comentado, falarão sobre as espécies observadas, seus hábitats, alimentação, comportamento e muito mais! Ao final da trilha, ocorrerá o “papo de borboleta”, uma conversa informal que trará informações sobre as pesquisas realizadas com borboletas no Instituto.
Dia 12 de julho
das 11h às 13h
saída em frente à bilheteria
Público-alvo: geral
Vagas: 40
*Em caso de chuva, a atividade poderá ser cancelada.
*Os participante devem trajar calças compridas e sapatos confortáveis.


Baile sem risco
Você pode imaginar o que acontece quando numa festa, trocamos os copos com um amigo? Para entender melhor essa ideia, mostraremos como se dá a transmissão de doenças, num ambiente simulado de um baile, com muita música e diversão!
Dia 12 de julho, às 14h30, às 15h e às 15h30
Dia 13 de julho, às 10h30, às 11h, às 11h30 e às 12h
Dia 14 de julho, às 14h30, às 15h e às 15h30
no auditório do Museu de Microbiologia
Inscrições no local, 30 minutos antes de cada sessão
Público-alvo: a partir de 8 anos
Vagas: 14


Pé de Baraúna - Dança afro-brasileira
Dança é movimento e expressão, uma linguagem corporal que todos podem praticar. A dança afro é a base de muitas danças. Os movimentos de dança e de outras atividades corporais têm como base pesquisa nesta arte. Praticar essa dança, ajuda a organizar o corpo espacialmente, e trabalha com ritmo, movimento e pausas.
Dia 12 de julho
das 15h às 16h
no heliponto
Público-alvo: geral
Vagas: livre
*Em caso de chuva, a atividade poderá ser cancelada.
O que comem as corujas?

Você sabe o que comem as corujas? Venha descobrir conosco em uma investigação das pelotas, o material seco regurgitado por esses animais após a digestão. A atividade será conduzida por cientistas do Instituto Butantan que estudam as corujas e outras aves que vivem no parque.
Dia 12 de julho
das 16h30 às 17h30
Na Casa do Horto
Público-alvo: acima de 8 anos
Vagas: 20
*Inscrições ao lado da bilheteria, 30 minutos antes do evento.


Vem Corujar
Venha com a sua família fazer parte de uma aventura noturna pelo Instituto Butantan em busca das corujas que moram por aqui. Enquanto fazemos uma caminhada leve, vamos compartilhando histórias e contando um pouco mais desses bichos noturnos misteriosos.
Dia 12 de julho
das 17h30 às 18h30
Saída em frente à bilheteria
Público-alvo: geral
Vagas: 40
*Em caso de chuva, a atividade poderá ser cancelada.
*Os participante devem trajar calças compridas e sapatos confortáveis para uma caminhada de cerca de 1,5km. Se puder, traga uma
lanterna!


Vem Passarinhar
Observar aves livres, ou passarinhar, é uma forma única de estar em contato com a natureza. Durante a atividade #vempassarinhar as crianças terão a chance de observar algumas das mais de 160 espécies de aves que habitam diferentes ambientes do parque do Instituto Butantan, como o neinei, o pica-pau-de-cabeça-amarela e o pula-pula. A atividade é conduzida por um ornitólogo, que além de identificar
as aves e contar detalhes sobre os hábitos das espécies encontradas durante a caminhada, reproduz seus cantos, com uma caixinha de som, com o objetivo de atraí-las para mas perto dos observadores. Dez binóculos estão disponíveis para serem emprestados para os
participantes.
Dia 13 de julho
das 10h às 11h30
saída em frente à bilheteria
Público-alvo: geral
Vagas: 40
*Em caso de chuva, a atividade poderá ser cancelada.
*Os participante devem trajar calças compridas e sapatos confortáveis.


Pé de Baraúna - Circo
O circo é uma arte que engloba teatro, dança, mágica, acrobacias, música, equilíbrio, malabarismo. Por meio dele é possível trabalhar consciência corporal, noção espacial, ritmo, coordenação motora, espírito de equipe, disciplina, responsabilidade, desafio, superação etc. O circo não deve ser visto apenas como uma brincadeira, pois agrega diferentes tipos de conhecimento ou múltiplas inteligências, em suas várias modalidades.
Dia 13 de julho
das 10h30 às 11h30
no heliponto
Público-alvo: geral
Vagas: livre
*Em caso de chuva, a atividade poderá ser cancelada.


Horário de funcionamento
Parque: 7h às 18h, todos os dias
Museus: Histórico, Biológico
(temporiamente no Paiol) e
de Microbiologia 9h às 16h45,
Terça a domingo
Bilheteria: de terça a domingo
das 8h45 às 16h
(não são aceitos cartões
de débito e crédito)

Ingressos
criança até 7 anos - isento
criança de 8 a 12 anos R$ 2,50
adulto R$ 6,00
idoso (acima de 60 anos) isento
estudante ​​(necessário apresentar comprovante) R$ 2,50

Instituto Butantan
www.butantan.gov.br
Avenida Vital Brasil, 1500
Butantã, São Paulo, SP


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Adbox

Sampa Com Crianças no Instagram