Aplicativo ajuda quem PRECISA sair de casa em tempos de Coronavírus

Diante do rápido avanço do novo coronavírus, que provoca a Covid-19, a recomendação de autoridades mundiais, como a Organização Mundial de Saúde (OMS), e de governos, é para que as pessoas evitem sair de casa a fim de conter a propagação do vírus e evitar ao máximo o aumento de pessoas contaminadas. Diversos estados brasileiros, como São Paulo e Rio de Janeiro, determinaram a quarentena, o que acarretou o fechamento de bares, restaurantes, shoppings centers, comércio, casas noturnas, escolas, entre outros.

Mas para que grande parte da população possa ficar em casa, as pessoas que trabalham em serviços essenciais, como hospitais, clínicas médicas e odontológica, farmácias, pet shops, agências bancárias, entre outros, continuam a trabalhar presencialmente. Essas pessoas merecem o nosso reconhecimento e nossa ajuda.

Por isso, o Quicko App está trabalhando para facilitar a vida das pessoas que estão na rua para manter os serviços funcionando. Com as mudanças nas operações do sistema de transporte público devido à queda de demanda, fica mais difícil saber qual o melhor caminho e que horas o ônibus vai chegar. O Quicko App mantém as informações sobre ônibus, metrô, trens, táxis e outros modos de transporte diariamente atualizadas. No app você confere desde as linhas de ônibus alteradas até as estações do Metrô e da CPTM que tem entradas e saídas secundárias fechadas.

Além das informações sobre o sistema de transporte, a Quicko dá dicas de como se deslocar com mais segurança, adotando as recomendações das autoridades para evitar o contágio.

QUAIS OS MEIOS MAIS SEGUROS PARA ME DESLOCAR?
Meios de transporte que não promovam a interação direta entre as pessoas e preferencialmente que não sejam fechados. Mantendo a distância de 2m de outras pessoas, mesmo que elas não estejam com sintomas aparentes, como tosse. A bicicleta e a caminhada são as melhores opções.

Automóveis privados também são uma possibilidade. Não se esqueça de limpar as áreas em que colocamos as mãos, tanto nos automóveis quanto nas bicicletas, como volante e guidom, por exemplo.

QUAIS AS RECOMENDAÇÕES PARA USAR O TRANSPORTE COLETIVO?
Procure viajar nos horários de menor movimento.


  • Use máscaras de proteção apenas se apresentar sintomas.
  • Tente sentar-se em uma área tranquila e manter uma distância de 2 metros.
  • Nos ônibus, procure deixar a janela aberta.
  • Evite apertos de mão, abraços e beijos.
  • Esteja ciente das superfícies e corrimãos em que tocar e não leve a mão ao rosto (principalmente, olhos, boca e nariz) enquanto estiver viajando ou antes de fazer a higienização das mãos.
  • Quando tossir ou espirrar, proteja a boca com a parte interna do antebraço ou com um lenço descartável.
  • Para reduzir o risco, lave as mãos ou use álcool em gel 70% antes e logo depois da viagem.
  • Não esqueça de higienizar o seu celular.
  • Caso apresente sintomas de gripe ou similar; evite ao máximo meios de transporte fechados.

E AS DICAS PARA USAR MODAIS COMPARTILHADOS?


  • Evite pedalar ou andar de patinete em locais com grande concentração de pessoas.
  • Nos automóveis, mantenha as janelas abertas e evite contato físico caso com o motorista.
  • Quando tossir ou espirrar, proteja a boca com a parte interna do antebraço ou com um lenço descartável.
  • Após usar a bicicleta, a patinete ou entrar em táxis e similares, não toque no rosto (principalmente, olhos, boca e nariz) antes de fazer a higienização com água e sabão ou álcool em gel 70%.
  • Não esqueça de higienizar o seu celular.

O TRANSPORTE PÚBLICO IRÁ MUDAR?
A frequência dos ônibus foi readequada ao fluxo reduzido de passageiros, o que pode acarretar alteração de horários e até a suspensão de linhas. Por isso, use o Quicko App para descobrir se seu ônibus está a caminho ou uma rota alternativa que possa seguir.

Alguns guichês das bilheterias e todos os bicicletários não prestarão atendimento – fica ainda proibido transitar com bicicletas pelos sistemas.

Apesar de todas as estações do Metrô e da CPTM estarem funcionando normalmente, alguns acessos foram restritos para otimizar a circulação das pessoas.

QUEM FAZ PARTE DO GRUPO DE RISCO NÃO DEVE SAIR DE CASA?
Se você tem mais de 60 anos ou tem diabetes, hipertensão, insuficiência renal crônica, doença respiratória crônica ou outras doenças, não é recomendado sair de casa. Pessoas com essas características são mais vulneráveis e suscetíveis a casos graves do novo coronavírus.

E SE EU AINDA TENHO DÚVIDAS?
O Ministério da Saúde colocou à disposição diversos canais de atendimento para esclarecer as dúvidas dos brasileiros. Quem ainda tiver dúvida pode usar o Disk SUS (136 – ligação gratuita) ou o WhatsApp do Ministério (pelo número 61 99289-4640).
A Prefeitura também disponibilizou um serviço para o usuário consultar as linhas de ônibus que sofreram alterações, além das recomendações para a utilização desse e de outras formas de transporte. O endereço é http://sptrans.com.br/covid-19


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sampa Com Crianças no Instagram