Audiolivro Makiko e Tatuiuiú: Guardiões da Natureza no youtube

A autora e escritora Dulce Auriemo, idealizadora do Projeto Líteromusical Infantil Espantaxim e o Castelinho Mágico, disponibilizou no Youtube o audiolivro ilustrado "Makiko & Tatuiuiú: Guardiões da Natureza", que integra o acervo do projeto e que agora foi transformado em vídeo.

A obra contém sete capítulos, que mostram a visão realista dos animais da Floresta Amazônica - a maior floresta tropical do planeta - e sua grande preocupação em proteger o próprio habitat. A história é protagonizada pelo macaquinho Makiko e seu amigo, o tatuzinho Tatuiuiú, personagens ecológicos igualmente determinados com a missão de defender a fauna e a flora e preservar a floresta. A aventura narrada pela própria Dulce poderá ser acompanhada a partir deste sábado, dia 04 de Abril, pelo canal do Projeto Espantaxim no Youtube: http://www.youtube.com/espantaxim

A iniciativa de disponibilizar a jornada de Makiko e Tatuiuiú como audiolivro ilustrado no Youtube tem como objetivo contribuir com a oferta de atividades educativas e de entretenimento às crianças, neste momento em que o distanciamento social é necessário para conter a pandemia do novo coronavírus.

A história

Makiko e Tatuiuiú nasceram no mesmo dia, tornaram-se amigos e cresceram juntos convivendo na maior floresta tropical do mundo.

Ao longo da narrativa, Makiko e Tatuiuiú se tornam os porta-vozes da real preocupação expressa pelos animais da floresta com a preservação de seu próprio habitat e acabam se destacando de maneira brilhante. Todos os animais que vão surgindo no decorrer da história pertencem à fauna da Floresta Amazônica.

Os dois amigos aventureiros e divertidos gostam de tocar instrumentos de percussão: o preferido do macaquinho Makiko é o pandeiro e o tatuzinho Tatuiuiú gosta de tocar o berimbau. Os dois aprenderam muito bem a gingar a capoeira. A história dos personagens é embalada pelos sons destes instrumentos e pelos ruídos da floresta.

Em meio a diversas aventuras para defender a floresta, os dois amigos acabam chegando ao Castelinho Mágico, onde vivem os demais personagens do Projeto Espantaxim. Lá, foram considerados heróis e merecedores do título "Guardiões da natureza" e da canção Makiko & Tatuiuiú, uma animada capoeira. Aliás, cada personagem da obra líteromusical infantil Espantaxim e o Castelinho Mágico tem a sua canção criada por Dulce Auriemo.

Dicas para acompanhar o audiolivro ilustrado

A autora e escritora Dulce Auriemo orienta: "Ouvir histórias é sentir emoções. A história narrada contém sete capítulos, separados em faixas. Para indicar o início de cada capítulo, existe um som característico: o badalar de um sininho. Os sons dão identidade às cenas e localizam os espaços. Efeitos sonoros possibilitam maior fascínio à criança. Têm o poder de provocar fortes sentimentos de surpresa, curiosidade, espanto, medo, alegria... além de estimular a percepção auditiva. A sugestão é que pais e educadores preparem os pequenos ouvintes de maneira adequada e confortável, para que se sintam motivados a ouvir. Cabe, também, interromper a narração e fazer um questionamento às crianças, para sentir a sua capacidade de observação. Ao narrar a história, mudei algumas palavras propositalmente para despertar o nível de atenção dos pequenos leitores, ou seja, daqueles que estiverem acompanhando o texto, pois já tem o domínio da leitura. Dividir os capítulos, deixando o suspense final para ser contado depois, em outro dia, poderá despertar ainda mais a curiosidade. O importante é não deixá-las dispersas. O poder de concentração varia de acordo com a idade e o entendimento do que está sendo narrado".

Ainda de acordo com a autora, a trajetória de Makiko e Tatuiuiú no Youtube pode inspirar a criatividade das crianças, famílias e educadores de diferentes maneiras. "Os pais podem, por exemplo, motivar as crianças a conhecerem os instrumentos de percussão ao ritmo dos sons da floresta ou simular a ginga de uma capoeira. As famílias podem aproveitar a oportunidade e conversar com os pequenos sobre a necessidade de cuidarmos da natureza. Os professores também podem propor atividades relacionadas à história, ampliando as possibilidades de conteúdo utilizadas em suas aulas pela internet".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sampa Com Crianças no Instagram