O Jardim das Maravilhas de Miró no Farol Santander

O Farol Santander São Paulo, centro de cultura, empreendedorismo, lazer e gastronomia, abre em 29 de janeiro (sexta-feira), a exposição O Jardim das Maravilhas de Miró, que estará aberta para visitação até o dia 05 de maio de 2021.


O Jardim das Maravilhas de Miró é apresentado pelo Ministério do Turismo e Santander, com patrocínio do Santander via Lei de Incentivo à Cultura. Realização da Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo e Farol Santander São Paulo; produção da YDreams Global e curadoria de Aline Sultani, Karina Israel e Paulo Solano.


Com obras reconhecidas em todo o mundo pelos conceitos de Surrealismo, Cubismo e Fauvismo, e pelas características de espontaneidade, experimentalismo, e interpretações simbólicas, o catalão Joan Miró está entre os mais notáveis artistas do século 20.



A mostra, voltada ao público infantil, ocupará o 24º andar do edifício. Uma experiência imersiva dividida em oito ambientes, que apresentará de maneira lúdica um percurso inspirado nas obras e litografias da série Maravilhas com Variações Acrósticas no Jardim de Miró, do poeta espanhol Rafael Alberti.


As áreas da exposição foram inspiradas nessa obra criada sobre a homenagem literária que Rafael, pertencente ao grupo andaluz da geração de 1927, prestou a Miró e sua esposa Pilar, memorando uma viagem a um jardim imaginário cheio de flores, plantas exóticas, pássaros, insetos, pequenos animais, gnomos, o sol, a lua, e as estrelas.


Miró gostava de comparar a sua postura de artista com a de um jardineiro: aquele que cuida e experimenta para melhor criar. Simultâneas à escrita, as imagens criadas para o mesmo tema carregam a configuração visual repleta de gestos caligráficos e hieróglifos inventados.


Na entrada no andar, o visitante se depara com a sensorialidade da obra de Miró refletida nos versos de poesias acrosticas criadas por Alberti.  Composições poéticas que consistem em formar uma palavra vertical com as letras iniciais ou finais de cada verso, gerando um nome próprio ou sequência significativa. No Observatório das Obras, encontram-se os versos e litografias originais da época.


Seguido pelo circuito das alas Horto das Formas; Fonte das Cores; Sintonia com o Cosmos; Infinito Criativo e Farol do Mundo.


Roteiro O Jardim das Maravilhas de Miró


Ao iniciar a visitação, o espaço Observatório das Obras traz as litografias originais da coleção particular Maravilhas com variações acrosticas no Jardim de Miró, escrita por Rafael Alberti.


A obra é composta por: 7 litografias de 49,5 x 71 cm; 13 litografias de 49,5 x 35,5 cm; 22 impressões, sendo poesias e folha de rosto com 49,5 x 71 cm; Caixa e capa: litografia sobre tecido.


As poesias de Rafael dão nomes exóticos ao pintor, como: Mirópássaro, Mirómirado, Mirómeridiano, Miróinseto.


Inspirado nesses poemas, Joan apresenta sua própria linguagem de cores, traços firmes e característicos símbolos caligráficos, compreendidos no livro cenográfico e paineis móveis presentes na sala.


Horto das Formas apresenta um jardim cenográfico cercado de flores, plantas e pequenos animais. Cada desenho do pintor catalão e cada acróstico do poeta sugerem novas formas, que podem ser enxergadas como esferas, cones, cilindros, quadrados, linhas, entre outros.


A ala Fonte das Cores apresenta uma experiência onde o público se posiciona sobre as principais cores utilizadas por Miró e se impressiona com sua combinação numa fonte interativa, conduzindo o visitante a imaginar infinitas possibilidades.


O ambiente Sintonia com o Cosmos é um convite à inspiração, o visitante entra numa sala imersiva onde acessa um cosmos de questionamentos e interesses. A sala faz referência à frase “Creio que meu trabalho vai transportar você a um mundo de real irreabilidade”, escrita por Joan Miró ao comerciante de arte Pierre Matisse. O conteúdo multimídia é um convite para a reflexão sobre nossos questionamentos e sentimentos diários; enfim aquilo que nos inspira.


Infinito Criativo traz como referência as inúmeras criaturas que existem no jardim fabuloso de Miró e Pilar, e suas infinitas possibilidades de formas, linhas e cores. Uma mesa interativa com telas de toque permitirá que adultos e crianças criem novas criaturas, flores, planetas e estrelas, que ganham vida num painel digital projetado instalado diante das mesas. Ao lado, como continuidade do infinito criativo, encontra-se uma parede imantada onde os visitantes podem explorar suas habilidades criativas e realizar uma composição com formas e elementos inspirados no jardim.


** Todos os visitantes serão orientados pelos monitores a higienizar as mãos antes e depois de cada interação. Será disponibilizado um totem de álcool em gel


Finalizando a mostra, no Farol do Mundo o público poderá se posicionar e fazer o seu autorretrato surreal por meio de uma tela interativa. Ao terminar, será dada a opção do envio da foto por e-mail.


O Instapoint, parte mais instagramável da mostra, será um ambiente colorido e cheio de elementos suspensos, que permitirá aos presentes encontrarem o melhor ângulo para criar a sua própria visão surrealista para fotografar e compartilhar em suas redes.


Sobre Joan Miró


Um dos maiores expoentes da arte mundial, Joan Miró nasceu em Barcelona em 1893 e viveu até os 90 anos. A partir do Surrealismo, do Cubismo, do Fauvismo, Miró criou sua própria linguagem artística conhecida pela espontaneidade e pelo experimentalismo. Ansiava por traduzir a leveza e a originalidade que via nas coisas, cores e formas ao seu redor. Com seu olhar de criança e traço firme, o pintor, gravador, escultor e ceramista buscou retratar o mundo com essa visão aberta e quase primitiva, filtrada, porém pela inteligência de um homem maduro do século XX.


Sobre Rafael Alberti


Rafael Alberti (1902-1999) foi um poeta e dramaturgo espanhol que pertenceu, junto com García Lorca, ao grupo andaluz da geração de 1927. Das terras andaluzas trouxe o elemento popular, buscando neles uma razão para sua arte. Muito jovem mudou-se para Madri para dedicar-se à sua primeira vocação, a pintura. O amor pela poesia veio durante a convalescença de uma doença pulmonar. Foi vencedor em 1925 do prêmio Nacional de Literatura espanhol por seu primeiro livro, Marinero en Tierra. Considerado um dos maiores literatos da chamada "Idade de Prata" da literatura espanhola, recebeu diversas honrarias ao longo de sua vida, entre as quais a alta láurea do Prêmio Cervantes em 1983.


Protocolos de segurança e saúde


Para zelar pela segurança e saúde de seu público e funcionários, haverá medição de temperatura e tapetes sanitizantes e secantes para ingresso no prédio; será obrigatório o uso de máscaras; dispensers de álcool em gel estarão disponíveis em todos os andares do edifício e o ambiente também contará com sinalizações para que todos respeitem o distanciamento de 1,5 metro. O Farol ainda reforçou o serviço de limpeza e higienização de todo o prédio.


Sobre o Farol Santander São Paulo


Desde sua inauguração, em janeiro de 2018, o Farol Santander já recebeu mais de aproximadamente 800 mil pessoas e 19 exposições de arte nos eixos temático e imersivo. As atrações do Farol Santander ocupam 18 andares dos 35 do edifício de 161 metros de altura que, por um longo período, foi a maior estrutura de concreto armado da América do Sul.


As visitas começam pelo hall do térreo, onde os paulistanos e turistas acabaram de ganhar mais um espaço de conveniência. O Hall possui a Loja da Cidade, onde os visitantes poderão encontrar itens oficiais do Farol e de suas exposições; e mais uma unidade do Suplicy Cafés Especiais, que já ocupa o Mirante do 26º desde a inauguração.


Do 2º ao 5º andar os visitantes podem conhecer a história do prédio e da própria cidade, no Espaço Memória, que tem mobiliários originais feitos pelo Liceu de Artes e Ofícios nas salas de reuniões, diretoria e presidência. No 4º andar, uma instalação permanente e exclusiva do Farol Santander: Vista, desenvolvida pelo renomado artista brasileiro Vik Muniz.


No subsolo do edifício, está instalado o Bar do Cofre SubAstor, onde funcionava o cofre do Banco do Estado de São Paulo desde 1947 (tombado pelo Patrimônio Histórico). O bar é ambientado com as características da época e pitadas contemporâneas em design e mobiliários, com cartas de drinks especiais, além de comidinhas.


O Jardim das Maravilhas de Miró


Farol Santander São Paulo 

De 29 de janeiro a 02 de maio de 2021.

Rua João Brícola, 24 – Centro (estação São Bento – linha 1, azul do metrô)

Site Farol Santander: farolsantander.com.br

Funcionamento: segunda-feira a sexta-feira, das 11h às 19h

** Horários sujeitos a alteração de acordo com possíveis novas determinações das autoridades públicas. Consulte o site.


Ingressos: R$ 25 (visitação completa ao Farol Santander) site e bilheteria física no local.


Crianças de até 2 anos e 11 meses não pagam ingresso. A partir dos 3 anos, pagam meia entrada e, a partir dos 12 anos, é necessária a apresentação de RG e carteirinha de estudante para o pagamento da meia.


Classificação: Livre   


Brigada de incêndio e Seguranças: Efetivo total de 60 pessoas


Banheiros: 2 por andar – 1 masculino e 1 feminino (4º, 8º, 21º, 22º, 23º, 24º e no 26º andar)


* Funcionamento com capacidade reduzida em 40%


*Tempo máximo de visitação ao prédio: 1h45


*Monitoria no andar


* Instalações acessíveis para cadeirantes


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sampa Com Crianças no Instagram